Todos para a cozinha #2 | Granola caseira - os "cereais de chocolate" cá de casa


O pai e a miúda mais velha aqui de casa sempre preferiram comer cereais ao pequeno almoço. Durante muito tempo, por facilitismo e, admito, por algum desconhecimento, a escolha era feita entre as ofertas comuns que encontramos nos supermercados. Apesar de ter consciência de que não se tratava de um alimento saudável, dada a quantidade exagerada de açúcares e gorduras más, acabava sempre por ceder aos pedidos da família e comprá-los.

Há cerca de três anos, quando estava grávida da minha segunda filha e numa altura em que comecei a interessar-me mais por alimentos e receitas saudáveis, senti que era altura de mudar este hábito dos cereais de pacote e tentei encontrar uma alternativa caseira que satisfizesse, da mesma forma, os paladares de pai e filha. Foi então que passei a fazer granola em casa, juntando ideias de várias receitas até conseguir um resultado vencedor.

Como sabem, a granola consiste numa mistura de flocos de cereais integrais, sementes e frutos secos, à qual se juntam ingredientes líquidos (um doce e uma gordura vegetal) e que se leva a tostar no forno. Mais simples é impossível e as combinações são infinitas! Para a receita que adotei, uso os seguintes ingredientes:
  • Flocos de aveia integrais (500 gramas)
  • Sementes de sésamo, girassol e abóbora (+/- uma colher de sopa de cada)
  • Frutos secos (meia chávena – partidos aos pedacinhos ou não, conforme o gosto)
  • Geleia de arroz (meia-chávena)
  • Óleo de coco (uma colher de sopa bem cheia)
  • Chocolate preto (meia tablete, partida aos pedacinhos)
  • Cereais tufados (a gosto)
  • Lascas de coco (a gosto)
A preparação é facílima e rápida: numa taça, juntam-se os ingredientes secos – os flocos de aveia, as sementes e os frutos secos; numa chávena que possa ir ao micro-ondas coloca-se a geleia de arroz e o óleo de coco e leva-se a aquecer por 30 segundos; juntam-se os ingredientes líquidos bem misturados aos cereais e envolve-se; coloca-se a mistura num tabuleiro e leva-se ao forno a tostar durante +/- 30 minutos, mexendo de vez em quando. Depois de retirar do forno e deixar arrefecer, junta-se à granola os pedacinhos de chocolate, os cereais puff e as lascas de coco.
Aqui em casa, esta quantidade dá para uma semana e, por isso, aos fins de semana, criámos já o ritual de fazer os nossos "cereais de chocolate", nome que a minha filha sempre deu a esta receita. Ela prefere comer a granola com leite, o pai prefere misturá-la com iogurte e fruta (a mais nova limita-se a selecionar os cereais puff!).

E desse lado? Há por aí fãs de granola caseira? A que outros truques recorrem para erradicar os cereais de pacote das vossas listas de compras?

Lá fora: Outra versão de granola, pela autora deste blogue:



SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© At Mums. All rights reserved.