Trabalhar a partir de casa | Como equilibrar esfera familiar e esfera profissional

Sugestões-para-trabalhar-a-partir-de-casa-AtMums

Trabalhar a partir de casa pode parecer o melhor do mundo para muitos. Não ter horário para começar o dia, poder ficar de pijama, sentado no sofá com o portátil ao colo, não ter colegas chatos a interromper a cada instante, nem um chefe a pedir o trabalho para ontem são motivos que, por si só, podem induzir em erro aliciar qualquer um.

Contudo, trabalhar a partir de casa é extremamente exigente, ao contrário do que se possa pensar. As distrações são inúmeras - há sempre mais um brinquedo perdido para arrumar e num escritório não há roupa para lavar ou estender entre as reuniões. Como mães, pensamos sempre que conseguimos chegar a todo o lado, mas, no meio disso tudo a que temos (ou será queremos?) chegar, gastamos energia, concentração e tempo e fugimos do nosso foco, daquilo que são os nossos objetivos. Começamos a escrever um email, mas a máquina de lavar louça apita e lá vamos nós arrumar a louça. Em cima da bancada da cozinha estão os legumes para a sopa. Já que estamos ali, vamos preparar a sopa… E assim sucessivamente.

A família e os amigos também podem ser sérias fontes de distração, pois, por vezes, não compreendem que estamos em casa, mas estamos a trabalhar.

E, depois, há a televisão, a navegação na internet e as redes sociais.

Não desvalorizamos, naturalmente, as vantagens de trabalhar a partir de casa. Foram elas, aliás, que nos incentivaram a dar este passo. A flexibilidade de horários que nos permite gerir o trabalho e os compromissos de mãe (se tivermos de trabalhar mais pela noite fora porque tivemos de assistir ao ensaio de dança ou à aula de natação ou porque um dos filhos adoeceu e tivemos de lhe prestar assistência, temos essa escolha) é, sem dúvida, uma das nossas grandes motivações.

Por nos debatermos diariamente com estas dificuldades, e por percebermos que é necessária muita disciplina para fazer avançar um projeto nestas circunstâncias, fomos procurando informação e reunindo e testando algumas dicas e ferramentas que se associam às questões da produtividade.

Mas há desvantagens, também. Trabalha-se o tempo todo, porque o trabalho está em casa e é mais difícil desligarmo-nos dele - é só mais um email ou só mais esta nota. Aqui, ajuda criar uma zona de trabalho (de preferência, sem vista para roupa para lavar ou para passar) - melhor ainda se tivermos uma porta a separar o local de trabalho - e vestirmo-nos quase como se fossemos para o escritório (trabalhar de pijama não ajuda a concentração - facto testado e comprovado!).

Como-equilibrar-família-profissão-Atmums

A quem se debate com estas questões - trabalhe ou não a partir de casa - deixamos as nossas sugestões, aquelas que melhor funcionam connosco e que, quando as conseguimos cumprir, nos permitem fechar o dia com a sensação de dever cumprido:


  1. O planeamento começa no dia anterior, com base no que ficou definido no planeamento mensal/semanal. No final do dia, anotamos o que é necessário fazer no dia seguinte, quer esteja relacionado com o At Mum's, quer esteja relacionado com a nossa esfera pessoal ou familiar.
  2. Fazer um plano de tarefas para toda a família (incluindo as crianças) de forma a não se delegar todo o trabalho de casa na pessoa que lá trabalha.
  3. Criar uma rotina e estabelecer um horário fixo para começar a trabalhar.
  4. Trabalhar por blocos de tempo. Aqui pode-se usar, por exemplo, a técnica Pomodoro ou outra que vos faça mais sentido. O importante, na nossa opinião, é que haja blocos de tempo claramente afetos a cada tarefa específica e que, durante esse tempo, a tarefa não seja interrompida por outra(s) - a menos que sejam, claro, de extrema urgência.
  5. Subdividir uma tarefa mais complexa em outras mais rápidas e simples, de forma a que um bloco de tempo não seja demasiado longo - o método de Pomodoro defende que o ideal são 25 minutos.
  6. Fazer uma tarefa de cada vez.
  7. Fazer pausas regulares, proporcionais ao tempo de cada bloco.
  8. Desligar as distrações, como a televisão e as notificações das redes sociais, por exemplo. Para quem precisa das redes sociais para trabalhar, como nós, o segredo é reservar períodos específicos do dia para isso.



Agora, contem-nos: já colocam estes ou outros truques em prática? O que é que funciona melhor convosco?



Lá fora: António Variações, em jeito de provocação.


Créditos imagem | Neesha Hudson e Ekaterina Trukhan

SHARE:

2 comentários

  1. Trabalhar a partir de casa não é fácil...e quando se concilia mais de um trabalho então... estes últimos meses têm sido uma luta. Entre a gestão do trabalho na empresa familiar que pode implicar trabalho em casa ou deslocações ao escritório e o projecto doa fatos de banho que me exige concentração para desenhar, tempo para costurar, responder a clientes, visitar clientes,... tem sido difícil gerir. Decidida a criar um plano organizado em 2018. Gestão das crianças incluídas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força nisso, Sandra! ;) Com determinação, tudo se consegue! Beijinhos

      Eliminar

© At Mums. All rights reserved.